terça-feira, 30 de outubro de 2007

Na cozinha, em meu Sabbath preferido

Amanhã vamos celebrar Beltane, um Sabbath especial para mim, já que meu bruxinho foi concebido em um deles. Ainda estou pensando o que vamos fazer esse ano. Trançar o maypole é certo, Lucas vai se amarrar, literalmente, na brincadeira.


Mas principalmente, como além de um Sabbath de fertilidade, também é um Sabbath de cura, vou pedir muito pela minha irmã, que precisa demais neste momento. Minha amiga Vitóriah, cujo blog, http://www.vivenciandowicca.uniblog.com.br/, é minha principal referência em sites pagãos nacionais, deu uma ótima idéia, a de plantar uma semente à noite, de preferência em uma lua minguante, quando há mais força no ar (devo fazer esse ritual duas vezes, pois preciso fazer algo amanhã, e quero quer seja esse!), mentalizando a cura, e desejando que a saúde cresça e se fortaleça como a semente que vai brotar. E é exatamente o que vou fazer, plantar uma semente de rosa, uma flor dedicada à Deusa, e não por acaso muito usada em rituais de cura por suas propriedades mágikas, e mentalizar, pedir, para que Dedê supere sua doença e volte a ter saúde para curtir sua vida e a de seu filhão, que amo à distância.

Bem... como "rosa" é a palavra de ordem pra mim aqui hoje, vi no site da Elsie & Pooka uma receitinha de açúcar de rosas tão fácil de fazer, que tenho certeza de que Lucas vai querer usar sempre para adoçar os chás que ele adora tomar com o pai:


* Cortar as partes brancas da base das pétalas de rosa, que são bem amargas,

* Secar bem as pétalas para o açúcar não melar,

* Colocar uma xícara de pétalas de rosas bem limpas e uma xícara de açúcar em um processador/liqüidificador ou pilão (acho que o pilão é mais divertido para as crianças pequenas) e amassar/bater até as pétalas ficarem em pedaços minúsculos,

* Colocar em um vidro, fechar bem, e deixar descansar por uma semana.

Este açúcar pode ser usado para adoçar chás, salpicar em bolos, o que quiser, com um toque especial.

Outra receitinha do site boa de se fazer com crianças é a dos Sanduíches de rosas:

* Colocar no liqüidificador ou pilão cerca de meia xícara de pétalas de rosas frescas limpas (não esquecer de tirar a parte branca amarga da base).

* Misturar com cerca de 120g de cream cheese, colocar em um pote e deixar na geladeira de um dia para o outro.

* No dia seguinte, tirare da geladeira e deixar em temperatura ambiente para amolecer um pouco.

* Espalhar em uma fatia de pão integral (porque amo todos os integrais, com mil grãos).

* Cubrir com fatias finas de pepino, salpique com sal e pimenta, se quiser, e algumas lâminas de castaha-do-pará, nozes, etc.

*Por fim, cubrir com uma folha de alface romana crocante e fechar com outra fatia de pão.

* Cortar nas diagonais para fazer mini-sanduíches, e bon appetit!

Com essa quantidade dá para fazer mais ou menos 5 sanduíches inteiros, segundo o site. Ainda não experimentei nenhuma das receitas, depois digo se ficou bom, espero que sim! Acho difícil alguma coisa com cream cheese ficar ruim...

Achei uma boa idéia para adicionar ao jantar de Beltane. Em casa geralmente fazemos uma massa picante (esse ano um pouco menos por causa do Lucas), e uma sobremesa vermelha, simbolizando o fogo de Bel, acompanhado de um suco de melancia (pois é, uma mistura danada...), além de uma salada variada.

Espero poder celebrar a renovação da vida, o eterno ciclo de encontros e desencontros, e que seja um dia e uma noite feliz, cheios de boas projeções.

1 comentários:

Vitóriah disse...

Ai safada! huhu!
Que chique, falando sobre "eu" no blog... ^~
Tomara que dê tudo certo com a sua irmã, que ela renasça interiormente mais forte e feliz.

Merry Meet!