terça-feira, 8 de julho de 2008

Boa-noite para os deuses


Lá em casa temos um ritual noturno, eu e meu filhote: deito junto com ele em sua caminha (sorte eu ser portátil), Lucas me conta como foi seu dia na escola, o que teve de bom e de ruim, tiro suas dúvidas, depois leio algumas páginas de um livro que ele escolhe - estamos no segundo Harry Potter, e é um custo conseguir convencê-lo a parar! -, em seguida, apago a luz e faço uma pequena oração que criei com sua preciosa ajuda. Sem essa oração, ele não dorme, por mais sonolento que esteja. Só então se aconchega para dormir. A oração é assim - repetitiva como um mantra, mas exatamente como ele gosta, nem pensar em mudar uma vírgula!


"Obrigada, Deusa, obrigada, Deus, pelo dia de hoje, em que tudo correu bem,

e estamos aqui em casa em segurança, prontos para dormir.

Que o papai chegue logo em seguraça também (Rodrigo é passeador de cães, sai quando chego, e volta um pouco depois que Lucas já dormiu).

Obrigada por... (se aconteceu algo importante pra ele nesse dia, falo aqui)

Obrigada pela nossa casa, que nos protege do frio, da chuva, do vento, do calor e do fogo.

Obrigada pela nossa comida, que vem da Terra para nos deixar forte.

Obrigada pela nossa água, que vem dos rios para nos hidratar.

Obrigada pela nossa vida, que é tão importante e boa para nós.

Obrigada pelo amor da nossa família, que nos deixa juntos.

Obrigada pela saúde do meu filho, que está aqui, cheio de energia,

Por favor, proteja sempre meu filho e minha família.

Que meu filho tenha uma boa noite de sono, tenha bons sonhos,

e acorde amanhã muito feliz.

E que o dia de amanhã seja muito bom para todos nós.

Que assim seja."


Quando termino, ele fala, com o rosto virado para cima: "Que assim seja. Boa noite, boa noite, bença, bença", e manda dois beijos para cada um, Deusa e Deus. Depois, me dá um beijo na bochecha, segura minha mão e apaga! Quando vejo que ele já está dormindo profundamente, saio de-va-ga-ri-nho do quarto. Há que torça o nariz para essa coisa de fazer dormir junto, mas acho saudável, sim! Gosto, ele também, é nosso momento especial, e ele vai direto até a manhã seguinte, numa boa. Daqui a pouco, e não vai demorar muito, ele cresce, tem seu próprio mundo, e não vou mais caber em sua cama... Por enquanto aproveito para curtir muito esses momentos!!

4 comentários:

anfibia disse...

oi flor!
muito gostosos esses pequenos rituais que fazemos com nossas crianças... muito linda e inspiradora a oração que vcs criaram!!!
eu fiz pior que vc nydia, deixamos o cassiano dormir conosco na cama de casal até poucos meses atrás, o que é altamente controverso!!! acordar junto era a coisa mais gostosa do mundo! agora ele tem seu quartinho e fez a transição sem qualquer problema. eu é que ainda levanto pra ver se está tudo bem hehehe! mãe não tem 'cura' mesmo...
um beijo pra vcs três e obrigada sempre!

ROSA E OLIVIER disse...

Piú giú, in fondo alla Tuscolana...!?...passavo per un saluto!

Green Womyn disse...

Eu tb faço o mesmo, Nydia. Deito com o Vini na cama dele, conto história, pergunto como foi o dia. Ontem mesmo lemos "O Chupa-Tinta" (rs).

Agora, no inverno, deixo ele dormir quentinho entre mim e o pai dele, Celia. No Orkut, estou numa comunidade chamada "Eu pratico cama familiar" (hihihihihi).

Ótima semana para vocês!

Sara disse...

Que oração bonitinha ^^
Eu acho que você tá mais do que certa de aproveitar todos esses momentos com ele. Tenho certeza que são muito impotantes pra ele também: não há nada melhor que amor de mãe! :D
Fico feliz que ele vá gostar do ritual :)
É bem interessante de se fazer mesmo, vale a pena.
Pois é, imagino meu BOS passando de geração em geração, com minhas palavras, minha energia nele. É um privilégio enorme. E isso me inspira maais ainda em escrevê-lo.